Capitão Américo

Nau da alegria Foto Camila Araujo

Nau da alegria | Foto: Camila Araujo

Américo Pinheiro é o capitão de um time que joga em família. A esposa Lena Guimarães, uma super atleta, os filhos, Matheus, Kauai e Maui, jovens surfistas cheios de energia.

Capitão de uma barca que navega nos mares do globo com seu porto seguro em Arraial do Cabo.

A história desse waterman é tão interessante que não poderíamos deixar de traze-la para as páginas do Paddle Surf.

Nesta entrevista exclusiva, vocês conhecerão um pouco de sua vida pessoal, sua paixão pelo stand up e a eterna relação com o mar.

Temporada havaiana de downwind Foto 808

Temporada havaiana de downwind | Foto: 808

Você é um verdadeiro waterman: pratica surf, mergulho, canoa havaiana, kite e SUP. Conte-nos sobre sua relação com o mar e como isso começou.

O primeiro barco de pesca a motor aqui de Arraial foi do meu avô e ele é lembrado até hoje como o melhor pescador da região já visto. Eu nasci na água salgada. Minha relação com o mar vem de berço.

Ao lado de sua esposa Lena, e seus filhos formam uma SUP’er família. Como é a sensação de estar junto deles na água?

A melhor das sensações. Estar com a família reunida, onde quer que seja, pra mim é sempre o maior prazer.

Quais os benefícios para um waterman em ter as águas de Arraial do Cabo (RJ) no quintal de casa?

O maior benefício é a proximidade das coisas que amo.

Afinal, moro num lugar onde o surfe é na frente de casa, o kite um pouco mais a frente. Em 20 minutos vou buscar meu próprio peixe no fundo do mar.

O lado negativo é que isso aqui é tão mágico e encantador, que às vezes me desconcentro e acabo atrapalhando os treinos.

Como você conheceu o SUP?

Meu envolvimento com o SUP veio após uma grave lesão na coxa, momento em que vi no esporte uma ótima possibilidade de reabilitação.

E o melhor, não precisava ficar horas na sala de fisioterapia, e sim no mar.

Quando e porque o stand up se tornou uma paixão?

Acho que foi no meu primeiro evento, o Rei de Búzios.

Fui pra passear e cheguei muito bem colocado. Nunca tinha remado a metade daquela quilometragem, mas fui bem.

Como fui atleta a vida inteira, vi ali uma nova possibilidade de voltar a competir após minha lesão.

Você possui ótimos resultados em grandes competições, como o Rei e Rainha do Mar e o Rei de Búzios, além do título de campeão brasileiro de SUP race, na categoria master, no ano passado. Competir é uma de suas paixões?

Competir passa de uma paixão, sou viciado nisso!

Confesso que estou tentando parar, para dar ainda mais atenção à família, mas não consigo.

O problema que para andar junto a elite, com 42 anos, preciso treinar muito e tá começando a complicar (risos).

Quais os objetivos almejados por você para os próximos anos?

Ano que vem, minha principal meta é voltar para a temporada de downwind, no Havaí, com a Lena.

Esse ano sofri muito lá, por não está com ela, que além de ser uma grande parceira, é a maior atleta de todas, na minha opinião. E acabou não indo por falta de patrocínio.

O problema que nossa ida para o Havaí pode implicar no abandono do circuito brasileiro. Do jeito que tá o “dindim”, vai pra um ou pra outro.

Conte-nos um pouco sobre o SUP Trainer e como o programa auxilia os atletas na busca por uma performance melhor.

Me formei em Educação Física em 1996 e desde então venho me especializando em treinamento de alto nível, principalmente nos esportes que pratico.

Treinei a vida inteira o Eric Rebiere , ex-WCT, que hoje tem foco nas ondas gigantes. Também o Reno Romeu, top mundial de kite.

Aí, quando o SUP entrou em minha vida, precisei elaborar um treino e deu resultado. Então, me juntei com o Marcelo Borges, um dos melhores profissionais que já conheci e fizemos a SUP Trainer.

Atualmente, passo planilhas de treino para todo Brasil e acompanho o desenvolvimento de meus alunos pelo GPS e por relatos dos mesmos.

Estamos tendo bons resultados, não só com atletas profissionais, mas com pessoas que querem usar o SUP como forma de se exercitar e buscar uma vida mais saudável.

Sorriso de campeão | Foto: Andre Lima

Sorriso de campeão | Foto: Andre Lima

Comentários

comentários

Por | maio 10, 2015 as 9:26 am | Nenhum comentário | PADDLE SURF NEWS, RACE | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comentários

© 2014 Paddle Surf. Todos os direitos reservados.